Estudos científicos comprovam que a repetição constante de determinadas palavras provocam no cérebro reações químicas que ocasionam surtos psicóticos de gravidade variada.

Em experimentos com cadelas observou-se que a repetição das palavras SIMMMMM DOMMMMM, provocam vibrações no lóbulo temporal esquerdo, acionando um neurotransmissor responsável por ocasionar conseqüências que vão desde salivação abundante até ataques principalmente as canelas dos incautos.


Cientistas escobriram recentemente que a cura de tal psicose é o bom humor e a alegria de viver, motivo pelo qual este espaço foi criado.

Esse cantinho foi criado para isso... sem intenção de ofender a desrepeitar quem quer que seja... sabemos que zoamos a tudo e a todos, inclusive e principalmente a nós mesmas, justamente para não nos levarmos tão a sério. Nosso prazer cheio de dogmas e regras. Mas...caso alguém se sentir assim... pedimos desculpas... massss continuamos mesmo assim e se o surto for grave... compreendemos... afinal.. somos subs de alma... mas em surto.



sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

A sub intelectual de Plantão

A sub intelectual de plantão é aquela que para dar uma opinião sobre a necessidade da dor nas relações BDSM, cita de Nietzsche à Freud, de Levi Strauss à Deleuze.

Ela não aceita respostas como "eu sinto prazer nisso e isso me basta" ela procura a fundo por análises minuciosas de pensadores que nunca levaram uma chicotada. A opinião dela é sempre pautada em mil referenciais teóricos que caminham da antropologia à psicologia social, passando pela psicanálise e medicina.

A sub intelectual de plantão em hipótese alguma dirá que as coisas são assim "porque são". Ela encontrará extensas explicações pra absolutamente qualquer fenômeno, desde acordar com uma espinha no rosto, até o motivo da {fulaninha} ex do Sicrano ter devolvido a coleira depois de 10 anos juntos. E não, não é fofoca, são verdadeiras teses com pensamentos explicativos em notas de rodapé.

Diga-se de passagem, a sub intelectual de plantão não faz fofoca, pois como boa adepta do materialismo histórico dialético ela "socializa informação".

Ao término da sessão com uma sub intelectual de plantão, quando o Dom comete a imprudência de perguntar como foi pra ela, ela relatará que: “a nível de

subjetividade ela intrinsecamente foi ao âmago de seu ser, contudo pautada na epistemologia BDSM atual ela acredita que na próxima sessão eles poderão avançar em mais um limite”.

A sub intelectual de plantão não deixa poemas no scrap do Dono, deixa links pra teses de doutorado sobre sadomasoquismo.

O Dom que comete a imprudência de perguntar a uma sub intelectual de plantão se está tudo bem ou como estão as coisas, correrá o risco de receber a resposta em 8 laudas críticas.

A sub intelectual de plantão sempre tem uma opinião sobre tudo, embora obviamente a opinião delas não importe em nada. Especialmente para o verdadeiro Dom intelectual de plantão. (mas se ela não tiver uma opinião, ela está ferrada.)

A sub intelectual de plantão posta textos em inglês e em espanhol de no mínimo 59 laudas em seu blog (sim caros leitores, ela também tem um blog) mesmo que ela mesma não compreenda inglês ou espanhol. A sub intelectual de plantão nunca postará um texto dizendo: "essa é minha opinião", ela postará sempre: "De acordo com Foucault, nas relações de poder... bla bla bla" e ela sempre se isentará dizendo que coloca os textos para que os outros reflitam, mesmo que a opinião expressa no texto não seja a dela - detalhe: ela nunca diz qual é a opinião dela. O que nos leva a pensar: será que ela leu os textos???

Geralmente sub intelectuais de plantão são virginianas ou cancerianas e possuem extensas teorias sobre tudo e sobre todos, mas principalmente sobre si mesmas.

A sub intelectual de plantão sempre tem outra amiga sub intelectual de plantão e se você for Dono de uma delas, cuidado ao pedir para ela encaminhar todos os e-mails diários, se não quiser ler vinte laudas de teorias trocadas entre as duas.

Possuem um ego enorme, mas como boas sub intelectuais de plantão (e de óculos), escondem por detrás das grossas lentes e aros de tartaruga sua vaidade.

Não se intimide com seu ar blasè. Verdadeiras subs intelectuais de plantão treinam muito em frente ao espelho...

A sub intelectual de plantão sempre terá uma resposta na ponta da língua para intimidar quem quer que seja, mas sabem ser boas submissas de alma, quando o “poder emana dos poros do Dom”.

Por falar nisso, nunca incorra no erro de chamar a sub intelectual de plantão de submissa de alma, MESMO que ela seja uma.

Tudo que uma sub intelectual de plantão deseja é um Dom intelectual de plantão, ou se preferir o Dom Kisi. (Imaginem a sessão deles...)

As subs intelectuais de plantão se reúnem em livrarias, cafés e cinemas. E não é em qualquer cinema, é no HSBC Belas Artes da rua da consolação.

As subs intelectuais de plantão sempre citam Lars Von Triers, Stanley Kubrick, Oliver Stone e Tarantino como seus cineastas favoritos.

A sub intelectual de plantão admira o trabalho fotográfico de Robert Mappletorphe e de outras pessoas das quais você provavelmente nunca nem ouviu falar.

A sub intelectual de plantão analisa a tudo e a todos ao seu redor, inclusive e principalmente o Dominador e dá a Ele exatamente o que Ele quer. Assim, mesmo após ler 30 textos da autoria do Dom e não ter mais nada pra comentar e elogiar, ela se esforçará e dirá: “que vírgula expressiva aqui, Senhor” e fará uma análise semiótica de cada filme que Ele mandar que ela assista. (sim, são essas as ordens que alimentam a alma de uma sub intelectual de plantão)

Se quiser nunca mais falar com uma sub intelectual de plantão, é simples: só use gírias e internetês com ela e, em última instância, ignore o que ela diz.


A sub intelectual de Plantão tendo orgasmos mentais com seu Dono intelectual de plantão.

Esse texto foi escrito, discutido, refletido, analisado, elaborado e reelaborado em 15 minutos de fervorosa conversa no MSN por rose e pamina - “subs intelectuais de plantão” - que se conheceram trocando e-mails de 12 laudas diários e que adoram rir de si mesmas, antes que os outros o façam. Se você desejar, qualquer dúvida entrar em contato: druuna@bol.com.br e pamina.volanges@gmail.com

13 comentários:

{__}monike{__} disse...

Hilário meninas vcs estão de parabéns!!!

MFD_[margoth] disse...

Adorei!!!!!!
Muito bom mesmo,morrendo de rir aqui........

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

Gente....kkkkkkkkkkk

Tô me esculhanbando de tanto rir....kkkkkk

Caraca, passei a ser leitora assídua.

Mas me perdoem, não sou intelectual, repeti de ano duas vezes pelo menos no ginásio, e nem sou submissa de alma, sou submissa carnal mesmo. Mas amo o que faço....rs

Beijos carinhosos,

ÍsisdoJun

¥ nyssa ¥...ÅS disse...

"Geralmente sub intelectuais de plantão são virginianas ou cancerianas"... humpf... meu signo?
Beijos!

rose disse...

Poxa monike e margoth que bacana que vcs tbém riram da gente com a gente :)

Oi Ísis, eu rose, repeti a quinta série do ensino fundamental :) e fiz cursinho por 3 anos antes de entrar na faculdade.

Não me considero nem um pouco "intelectual" no máximo uma "pseudozinha" rsss e conversando com a pam no MSN, eu que leio esse blog todo santo dia, perguntei assim: do que vcs lá no blog das surtadas vão tirar sarro agora?

E ela disse que estava procurando "pauta" e eu respondi: já sei, vamos tirar sarro da gente! [nada mais bacana que zoar a si mesmo, não abre espaço nem pra ficar chateada, só para gigantescas gargalhadas!!]

E foi nesse espírito de gigantescas gargalhadas que eu e pam pensávamos no meu blog ou nas conversas enormes (e pra quem estivesse lendo de fora muito malas)que já tivemos madrugadas adentro sobre conceitos... pensamos nas coisas que já escrevi por aí em comunidades, ou mesmo em relacionamentos que eu tive, nas minhas inseguranças e como faço para driblá-las e fomos fazendo chiste em cima de chiste.

Na boa Ísis, eu nunca ri tanto escrevendo sobre mim mesma e tenho certeza que a pam riu um bocado tbém.

E a foto? Quando terminamos o texto estava sem imagem e agora vendo a imagem que a pam escolheu... gente rsss (ri muito ao ver a imagem).

nyssa, ahhhh eu sou virginiana, fala sério se a gente não fica refletindo minunciosamente sobre tudo? hahahahahahaha

ursinha disse...

Olha até reconheci uma pessoa aqui. rss
só que estou em voto de silencio e não da pra dizer quem é.
acho que melhor assim..
beijos.
ursinha

Claudia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk é muito engraçado, as vezes cito algumas coisas do tipo rsrsrs. É, tem tudo nesse "meio",´da pra escolher à vontade.

Rainha Samantha disse...

Reconheci muitas "pessoas" aqui kkkk.
Bjs.
R.Samantha.

dom zafiel disse...

onde diabos vcs arrumam inspiração!!!! Não conte!!!!!! rs.... mas eu ja me deparei com algumas dessas... rs

dom zafiel disse...

onde vcs arrumam tanto imaginação!!!!!!!
nossa muito legal parabéns bon surtos kkk

O Último disse...

Este post foi perfeito, ri alto aqui pagando um tremendo mico. Ganharam um fã, parabéns, meninas !

P.S.: Subs intelectuais de plantão são surradas ao som de Vivaldi ?


Khasier !

escrava-serena disse...

Puxaa, sou virginiana, uso óculos, escrevo 1000 laudas no email para o Dono...hummmm...será que é por isso que ele nunca lê meus emails?
Então sou sub intelectual de plantão?..será que é por isso que meu Amado Dono me chama de cabeção?
kkkkkkkkkkk

bjs

P.S.: nunca tive sessão ao som de Vivaldi, o Dono só põe: racionais MC, Rappa e relacionados...será que é por Ele ser Sádico Hard?

diana disse...

É, essa sou eu! Texto hilário! E, a proposito, sou virginiana! hahahahahhahahahah

Passei a ser fã! Adoro o senso de humor que tem aqui!