Estudos científicos comprovam que a repetição constante de determinadas palavras provocam no cérebro reações químicas que ocasionam surtos psicóticos de gravidade variada.

Em experimentos com cadelas observou-se que a repetição das palavras SIMMMMM DOMMMMM, provocam vibrações no lóbulo temporal esquerdo, acionando um neurotransmissor responsável por ocasionar conseqüências que vão desde salivação abundante até ataques principalmente as canelas dos incautos.


Cientistas escobriram recentemente que a cura de tal psicose é o bom humor e a alegria de viver, motivo pelo qual este espaço foi criado.

Esse cantinho foi criado para isso... sem intenção de ofender a desrepeitar quem quer que seja... sabemos que zoamos a tudo e a todos, inclusive e principalmente a nós mesmas, justamente para não nos levarmos tão a sério. Nosso prazer cheio de dogmas e regras. Mas...caso alguém se sentir assim... pedimos desculpas... massss continuamos mesmo assim e se o surto for grave... compreendemos... afinal.. somos subs de alma... mas em surto.



sábado, 6 de fevereiro de 2010

Help!

“Meu Dono quer que eu arrume uma irmã de coleira. E agora?”

Se você, cara amiga submissa, é uma autêntica submissa de alma®, não deve ter respondido a Ele “pra que, se o Senhor não dá conta nem de mim?” e esta sinceramente interessada em cumprir sua tarefa. Calma que a Pamzinha te ajuda...
(se você não é uma submissa de alma®, aguardem a vez. Estamos com um post em pauta sobre o assunto...)

“Mas quem??”

Vamos pensar no porquê um Dom quer outra submissa. Homens gostam de variedade, certo? Portanto, se você é novinha, morena, gostosa, submissinha, ele precisa de alguém que seja diferente de você. Uma mulher mais madura, oxigenada, uma “sub-rebelde”, com mais “carnes”, “sincera” (ou desbocada). Entendeu o raciocínio? Sua tarefa é antever os desejos do seu Dono e se um homem quer mais uma mulher, obviamente não quer “mais do mesmo...”
Um outro ponto a ser observado é que servir requer tempo. Você precisa arrumar uma maninha com disponibilidade e com sede de servir. A dona Josicréia que acabou de se separar, por exemplo.


“E onde eu encontro?”

Não seja ansiosa, amiga. É sempre bom pensar e repensar em seus papeis submissos. Vamos lá: Sua tarefa é proporcionar prazer ao seu Dono. Que através de você, ou dos seus atos, ele tenha momentos de prazer, descanso, conforto. Portanto, minha cara amiga submissa de alma®, nada que de mais prazer do que uma bela viagem. Encontre uma submissa de Amapá para ser sua maninha.

Boa sorte!


Para me dizer que não me reconheceu, para reclamar que eu não sou lituuurgica ou para perguntar se pode ser em outro lugar que não Amapá: pamina.volanges@gmail.com

Um comentário:

pensamentosubmisso disse...

Que tal Fernando de Noronha???